+55 (11) 2094-6999
Rua Voluntários da Pátria, 654 - Santana - São Paulo - SP

Manutenção preventiva ou corretiva: qual é a mais indicada para minha empresa?

30/06/2022 às 11:00

Certamente, você já deve ter ouvido aquele ditado que diz “é melhor prevenir do que remediar”, não é mesmo? Esse ditado representa, fundamentalmente, os objetivos da manutenção preventiva, que, como o próprio nome já diz, tem o propósito de prevenir problemas. Em geral, são feitas intervenções programadas pela equipe de manutenção, evitando que surjam falhas nos sistemas e nas operações.

 

Como sabemos, a manutenção é um conjunto de ações e recursos aplicados aos equipamentos e soluções operantes nas empresas, visando o melhor rendimento, aumento da produção e o estabelecimento de parâmetros de disponibilidade, proporcionando um desempenho seguro dos dispositivos, aparelhos e sistemas, além de prevenir gastos desnecessários com problemas que possam surgir no futuro. Esse tipo de manutenção é realizado de forma programada, seguindo um cronograma de visitas periódicas.

 

Já a manutenção corretiva é indicada para a correção de falha ou problema técnico em um equipamento específico ou no sistema de automação como um todo. Portanto, trata-se de uma manutenção emergencial que, na maioria dos casos, envolve a execução de atividades extremas, como a substituição de peças e componentes danificados ou muito desgastados.

 

A manutenção preventiva é feita por meio de visitas regulares. Já a corretiva, geralmente, é realizada por visita programada e muitas vezes pontual (quando o equipamento apresenta um problema), visando garantir o funcionamento correto das operações sem interrupções, sempre com segurança e com a finalidade de ampliar a vida útil de todos os equipamentos envolvidos no projeto. 

 

De modo geral, as manutenções preventivas são as mais usadas pelo potencial de evitar ou adiar possíveis transtornos na rotina diária das operações dos empreendimentos. Sendo assim, o modelo de excelência que as empresas devem adotar é um programa de manutenção com intervenções preventivas frequentes, monitorando seus equipamentos, sistemas e tecnologias, com a verificação do grau de funcionamento.

 

Ainda que cada uma das manutenções tenha suas particularidades, é essencial destacar que ambas são extremamente importantes nos edifícios. A única ressalva é em relação a manutenção sem planejamento, segurança e consistência, ou seja, fazendo “gambiarras” para o reparo de falhas momentâneas, sem orientação técnica profissional.

 

A Brain Set está sempre pronta para atender todas as demandas e necessidades da área de automação que vai de atualizações nos sistemas em operações até mesmo completos projetos de modernização de sistemas de automação. Conte sempre com o nosso apoio!

 


Compartilhe:

Inscreva-se para receber nossas newsletters